Hackers vazam informações sensíveis de políticos na Alemanha

07173754556297-t1200x480-1

A Alemanha tomou um golpe duro em sua cibersegurança. Informações pessoais e documentos de políticos do país, incluindo a chanceler Angela Merkel, foram publicados online na semana passada por um grupo hacker não identificado. Após o governo alemão confirmar diversas brechas de segurança, os políticos locais começaram a fazer coro para as leis locais serem endurecidas no que toca cibercrime.

A Alemanha tomou um golpe duro em sua cibersegurança. Informações pessoais e documentos de políticos do país, incluindo a chanceler Angela Merkel, foram publicados online na semana passada por um grupo hacker não identificado. Após o governo alemão confirmar diversas brechas de segurança, os políticos locais começaram a fazer coro para as leis locais serem endurecidas no que toca cibercrime.

Praticamente todos os partidos do Bundestag foram afetados pelo vazamento, menos o AfD, partido de extrema-direita populista

Vale notar que praticamente todos os partidos do Bundestag foram afetados pelo vazamento, menos o AfD, partido de extrema-direita populista chamado “Alternativa para a Alemanha”.

“Um pouco de notícia positiva é que as redes do governo aparentemente não foram afetadas por esse ou esses ataques de hackers. Mas está claro que nós, como governo federal… devemos fazer mais para melhorar a cibersegurança”, afirmou Stephan Mayer, secretário do Ministério de Interior, segundo a Reuters.

A coordenadora digital da Alemanha, Dorothea Baer, e a inistra da Justiça, Katarina Barley, engrossaram o coro pedindo controles mais rígidos até para as redes sociais. “Um ataque desses deve ser usado como um motivo para examinar muito cuidadosamente se tudo foi feito para obter a melhor segurança de dados possível. É legítimo examinar se os fabricantes de softwares e as plataformas devem ser exigidos a fazer mais para garantir a segurança de dados”, afirmou.

Cupons de desconto TecMundo:

SE GOSTOU DESSA, CONFIRA...

Compartilhe essa Notícia